Problema nas Canecas? Pode ser a resina!

Marcos Gervazoni

Marcos Gervazoni

Comecei com Sublimação em 2010, numa época onde as informações eram muito difíceis de ser encontradas. Desde 2017 à frente da Central da Sublimação para facilitar a vida de quem quer começar.

FAÇA COMO mais de três mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos todas as sextas-feiras

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Como já conversamos (aqui!), a aplicação da sublimação em canecas para sublimação (e qualquer outro substrato rígido) depende da aplicação de uma resina de poliéster. É sobre esta resina que acontecerá o processo. A qualidade da sublimação está diretamente ligada à qualidade da resina utilizada.

A sublimação não adere de maneira permanente em qualquer superfície. É necessário um tratamento para que o substrato receba a sublimação.

Percebe-se que a resina é muito importante para o processo de sublimação. Alguns problemas frequentes, que geram inúmeros testes até que sejam solucionados, estão ligados a isto.

Troca-se o papel, aumenta-se o tempo na prensa, aumenta-se a temperatura e nada parece resolver. Tudo isso é inválido quando, na verdade, o problema está na resina.


# 1 – A Estampa Desbota

Um problema muito comum ocasionado pelo mau processo de aplicação da resina, ou pelo uso de uma resina de baixa qualidade, é o da estampa desbotar após algumas lavagens.

Não é comum e nem normal que isso aconteça. Mas para isso não acontecer é necessário uma resina de qualidade.

O pior neste casos, é que o problema só aparecerá após algum tempo, já na mão do cliente.


# 2 – A Estampa é Removida

Outro problema que é ocasionado por uma resina ruim é o desaparecimento por completo da estampa.

Após a primeira, ou algumas poucas lavagens, a estampa começa a sair. Deixando a caneca completamente branca novamente.

E não adianta ressublimar: o que “soltou” não foi a sublimação. Foi a resina, que era de péssima qualidade.

exemplo problemas caneca
Problema com a Resina: à esquerda caneca que solta totalmente a estampa após lavagem. A direita, caneca que desbota após algumas lavagens.
resina-bolhas
Exemplo de resina de má qualidade / má aplicada: formação de bolhas após a sublimação, comprometendo o produto final.
Você já imaginou o quanto isso pode afetar negativamente o seu negócio? Estes dois problemas graves só serão percebidos após o produto estar nas mãos do cliente.

COMO EVITAR?

Não há outro jeito de saber a qualidade da resina de suas canecas para sublimação (ou qualquer outro produto rígido) a não ser o teste físico.

Sempre que você realizar a primeira compra de algum fornecedor separe uma ou duas unidades (escolha de maneira aleatória) dos produtos para testá-los.

Faça todo o processo como sempre fez.

Após o produto estar pronto, faça testes de uso como esfregá-la com uma esponja por exemplo.

Repita este teste por algumas vezes.

Neste caso é importante investir tempo, afinal, uma caneca que desbota – ou que se apaga -, trará a você mais prejuízos do que o custo dessas unidades testadas.

Se for percebido um problema, relate ao fornecedor e NÃO COMERCIALIZE estas peças.

Gostou? Envie a um amigo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
E-mail

Artigos Relacionados