Sublimação é para mim? não comece na sublimação sem saber isso

Marcos Gervazoni

Marcos Gervazoni

Comecei com Sublimação em 2010, numa época onde as informações eram muito difíceis de ser encontradas. Desde 2017 à frente da Central da Sublimação para facilitar a vida de quem quer começar.

FAÇA COMO mais de três mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos todas as sextas-feiras

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Uma dúvida que paira a cabeça de todos os profissionais da Sublimação antes de iniciar no mercado é “Será que isso é para mim?“. E essa dúvida deve ser realmente considerada antes de iniciar qualquer trabalho. Será que a Sublimação é realmente para você?

Se você tem essa dúvida continue a leitura pois falaremos sobre alguns pontos básicos que você precisa saber para decidir se investir em Sublimação pode ser um bom negócio para você (ou não).

É normal que em épocas de crise, onde o desemprego é alto e as famílias precisem complementar sua renda muitas pessoas optem por algum trabalho que some um ganho financeiro à sua casa. Dentre muitas opções algumas pessoas optam por trabalhar com Sublimação, pois é um processo relativamente simples: estampar um produto, e também não é algo tão caro.

O motivo que leva qualquer pessoa a trabalhar sempre é o mesmo: a busca pelo dinheiro e por uma segurança financeira maior. Porém, será que isso basta para que você se dê bem com a Sublimação? Será que é apenas isso que fará você chegar ao sucesso dentro deste mercado?

Infelizmente NÃO!

Eu trabalho com isso a mais de 08 anos e já vi muita gente se dar bem, mas também já vi muita gente fracassar logo no começo. Colocando a venda máquinas novas, que recém havia comprado. Pessoas que se sentiram frustradas por não darem certo dentro desse mercado. Felizmente o mercado da sublimação é muito amplo, mas ainda assim requer alguns cuidados de quem tá começando.

Abaixo eu vou relacionar um básico para você que está querendo começar. Pense antes de sair comprando máquinas e investindo dinheiro nesse negócio. Lembre-se: isso tudo é uma visão pessoal minha dentro desse mercado, não é uma regra nem uma receita final. É indispensável que você faça as suas próprias considerações.


1. prepare-se: não pule etapas!

Um erro muito comum de quem quer começar na Sublimação é comprar suas máquinas e deixar para aprender errando, ou aprender com o tempo. Isso só vai fazer você perder TEMPO e MATERIAL. Prepare-se antes. Mantenha um hábito de ler sobre a Sublimação, veja vídeos e, a melhor dica, faça cursos. Invista um pouco do seu capital e do seu tempo nessa preparação.

O preço de cursos (ou de outros materiais) com certeza será muito menor que o desperdício de material e de tempo que você terá. Há muito material gratuito na internet. Comece por isso e vá se aprofundando. Quando estiver mais seguro, dê o próximo passo

Baixe gratuitamente o ebook – PRIMEIROS PASSOS NA SUBLIMAÇÃO, elaborado especialmente para quem quer começar na Sublimação mas tem dúvidas de como dar o primeiro passo (clique aqui).


2. ORGANIZE-SE: É O SEU NEGÓCIO

Você vai precisar ter o seu espaço para trabalhar. E ele pode ser um cômodo vazio da sua casa ou um espaço comercial na sua cidade. Mas seja profissional quanto a sua organização: mantenha controles de despesas, de investimentos e de preços. Tenha responsabilidade com os pedidos. Não importa de onde você trabalha, é preciso encarar a sublimação como um negócio. É o seu dinheiro e o seu tempo que estão em jogo.

Eu elaborei alguns materiais para ajudar você nessa etapa, faça o download deles abaixo e garanta a sua organização:


3. ESTAMPAS: VOCÊ PRECISA CONHECER O BÁSICO

O que diferencia um produto feito por você de um produto feito por algum concorrente é a estampa que você aplica e a qualidade do seu trabalho. Conhecer programas de edição gráfica como Photoshop, CorelDRAW ou Illustrator é um diferencial importante para você se destacar. Saiba, ao menos, um básico sobre isso. Faça cursos ou vasculhe o YouTube até se sentir seguro para dar os primeiros passos. Você não precisa ser o Rei da Edição, mas você precisa saber o suficiente para saber se virar sozinho e não depender de grupos de ajuda.

Uma opção é ter estampas prontas para diferentes datas e mostra-las aos seus clientes. A partir delas você também poderá fazer edições e alterações, deixando-a conforme é o gosto do seu cliente. É MITO que toda a estampa deve ser desenvolvida do zero. Otimize seu tempo e o de seu cliente também. Não complique coisas que não precisam ser complicadas.


4. compre as máquinas: PESQUISE ANTES DE INVESTIR

Até agora não falamos de máquinas, mas elas são importantes. Sem elas você não conseguirá trabalhar, mas uma sugestão que eu dou: compre elas após você estar seguro com relação ao processo. Não compre as máquinas e deixe para aprender depois. Isso é caríssimo e pode trazer muitas frustrações.

Ao comprar máquinas pesquise entre os modelos existentes a que melhor vai se encaixar no seu negócio: não faz sentido eu ter uma impressora A3 se minha prensa é pequena (tamanho A4). Também não faz sentido eu ter uma Prensa Plana se o que eu quero fazer são canecas.

Estude o que você vai querer estampar e adapte as suas compras pela sua necessidade! Nunca o contrário.

Dê preferência a lojas que tenham nome no mercado, que trabalham com garantia e Nota Fiscal. Você estará protegido de alguns imprevistos dessa maneira. Só compre usados se você puder testar e se for de pessoas que você possa confiar.


05. você está preparado?!

Tenha calma! O negócio não vai decolar de uma hora para outra! É preciso dar tempo ao tempo. Certifique-se que você está fazendo tudo da melhor maneira possível e não se cobre demais! É preciso estar ciente que haverão problemas no meio do caminho. Tenha estrutura emocional para aguenta-los sem chutar o balde no primeiro que aparecer. Reserve tempo para você, para sua família e para manter-se estudando. Não se deixe levar pelo excesso de trabalho, isso não funciona.

Gostou? Envie a um amigo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
E-mail

Artigos Relacionados