Porque a impressora deve ser EPSON®?

Marcos Gervazoni

Marcos Gervazoni

Comecei com Sublimação em 2010, numa época onde as informações eram muito difíceis de ser encontradas. Desde 2017 à frente da Central da Sublimação para facilitar a vida de quem quer começar.

Faça como mais de cinco mil pessoas

Entre para nossa LISTA VIP e receba conteúdos exclusivos todas as sextas-feiras

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Um dos principais equipamentos para a prática da sublimação é a impressora. Para a impressão dos trabalhos usa-se impressoras jato de tinta, preferencialmente da marca EPSON®.

Você sabia que apesar de muito usada, essas impressoras não são sublimáticas?

As impressoras usadas para sublimação de pequenos formatos não passam de impressoras domésticas – comuns – abastecidas com tinta sublimática. O especial, nestes casos, é a tinta.

O fato dessas impressoras não serem específicas para a sublimação não impede que ela seja utilizada: para os pequenos formatos essa é a marca mais indicada para o processo devido a tecnologia usada na cabeça de impressão – a tecnologia MicroPiezo®.

Outro padrão de cabeça de impressão muito popular é o que chama-se de Jato de Tinta Térmica, desenvolvida pela Canon®, mas este não é recomendado para quem vai produzir produtos personalizados através da sublimação pois aquece a cabeça de impressão.

MicroPiezo: como funciona?

A tinta sublimática é termo-sensível, ou seja, ela reage (muda suas propriedades) muito facilmente se em contato com temperaturas altas. Isso faz com que ela não se adapte a tecnologia utilizada em outras impressoras.

A tecnologia MicroPiezo®, utilizada nas impressoras Epson®, não aquece a cabeça de impressão. Dessa forma não prejudica a tinta sublimática.

Além disso, o sistema de gotejamento se adapta a até 5 tamanhos diferentes de gotas, conferindo maior resolução à impressão. A grosso modo é como se um artista utilizasse até 5 tamanhos diferentes de pincel para conferir maiores detalhes a sua pintura.

micropiezo
Fonte: Wikipedia

Na cabeça de impressão há um reservatório temporário. Ao aplicar uma sutil descarga elétrica a tinta ali depositada é puxada e empurrada para fora, em direção ao papel.

Devido ao fato de não haver a opção dessas impressoras virem de fábrica com tinta sublimática é importante ressaltar que, ao fazer a troca da tinta, substituindo a tinta original por uma tinta sublimática perde-se a garantia desses equipamentos.

É esse, portanto, o fato que faz com que a Epson® seja escolhida como a marca de impressoras preferida pelos profissionais da sublimação: a tecnologia utilizada MicroPiezo®, utilizada na sua cabeça de impressão.

Gostou? Envie a um amigo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
E-mail

Artigos Relacionados

avaliação

GOSTOU DO QUE LEU?

Clique no botão ao lado e diga o que você acha da Central da Sublimação!

Dúvidas? Me chame!