Preciso de uma impressora, mas qual a melhor escolha?

Marcos Gervazoni

Marcos Gervazoni

Comecei com Sublimação em 2010, numa época onde as informações eram muito difíceis de ser encontradas. Desde 2017 à frente da Central da Sublimação para facilitar a vida de quem quer começar.

Faça como mais de cinco mil pessoas

Entre para nossa LISTA VIP e receba conteúdos exclusivos todas as sextas-feiras

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Um dos equipamentos essenciais para se trabalhar com sublimação é a impressora. Ela será responsável por imprimir as suas artes no transfer sublimático. Mas o que devo considerar na hora de escolher um equipamento?

Embora existam diversos modelos e marcas de impressoras domésticas, nem todas podem ser usadas com tinta sublimática. Outro detalhe é que, tirando as impressoras de grande formato e profissionais, as máquinas menores são na verdade impressoras adaptadas. Isso porque originalmente não foram projetadas para uso com tinta sublimática e as características da tinta original são diferentes. E isso, inevitavelmente, vai trazer alguns problemas que serão discutidos em um capítulo específico sobre os problemas mais comuns em impressoras usadas com tinta sublimática.


#1 – Sublimação em Pequenos ou Grandes Formatos?

Para definir qual equipamento será adquirido, inicialmente precisamos entender o mercado que vamos atender e o quanto vamos investir nisso. Grandes projetos, exigem máquinas maiores e profissionais, projetadas exclusivamente para o uso em sublimação.  Mas este é um, segmento que não vamos abordar por enquanto, pois as maiores dúvidas se encontram nos projetos menores e nas pessoas que estão iniciando neste segmento de personalização.

A grande maioria das pessoas que iniciam no mundo da sublimação, começa com projetos menores e atende um mercado um pouco diferente. Para estas pessoas, as impressoras usadas são as caseiras, normalmente de marca Epson e originalmente projetadas para uso de tinta comum. Elas, mesmo sendo adaptadas para o processo, trabalham de forma satisfatória com sublimação e os cuidados e a manutenção com a impressora serão responsáveis por uma maior ou menor vida útil da mesma. Assunto também abordado posteriormente.

#2 – O que quero personalizar:

Definido a marca, precisamos ter em mente as características funcionais que diferenciam um equipamento de outro e que estão diretamente ligadas ao que pretendemos oferecer no mercado de sublimação. Quais produtos, tamanhos de cada substrato e principalmente, caso se escolha uma prensa plana para os trabalhos, a área útil desta prensa. De nada adianta comprarmos uma impressora com capacidade de impressão maior do que a área da prensa plana. Será um investimento desnecessário para este primeiro momento. Definidos os produtos a serem personalizados e as prensas a serem adquiridas, vamos definir a impressora levando em considerações as seguintes características fundamentais:

1. Tamanho máximo de impressão: normalmente em tamanhos A4 (297 210 mm) ou A3 (420 x 297 mm).
 
2. Forma como a tinta sublimática será armazenada: cartucho recarregável, bulk ink ou tanque de tinta de fábrica.
 
3. Quantidade de cores utilizadas na impressão: 04 cores (ciano, magenta, amarelo e preto) ou 06 cores (ciano, ciano light, magenta, magenta light, amarelo e preto)
 
4. Tamanho físico do equipamento: fator importante a se considerar de acordo com o seu espaço de trabalho.
 
5. Preço.
Cada um destes fatores vai ser fundamental para decidirmos qual equipamento vamos comprar e quais as razões para esta escolha. De maneira geral, o funcionamento é o mesmo entre um ou outro, mas questões específicas e funcionais de cada opção vão se adaptar melhor para um ou outro caso. E isso está diretamente ligado ao seu projeto, o público atendido, quais produtos a serem personalizados e qual prensa (cilíndrica e/ou plana) será utilizada para o trabalho.

Para isso tudo não existem regras, mas sim melhores opções de acordo com cada caso específico.

Gostou? Envie a um amigo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
E-mail

Artigos Relacionados

avaliação

GOSTOU DO QUE LEU?

Clique no botão ao lado e diga o que você acha da Central da Sublimação!

Dúvidas? Me chame!